29/09/16

Descaso de representantes do Governo do Estado faz escola deixar de ser local de votação




A maior escola estadual do Cariri paraibano, José Leite de Souza, em Monteiro, deixou de ser local de votação nas Eleições 2016, devido ao seu estado de abandono e rachaduras em sua estrutura, fruto da falta de atenção dos representantes do Governo do Estado em Monteiro.

O local, que há várias décadas serviu como local de votação durante o período eleitoral, está impossibilitado de receber os eleitores no próximo dia 2 de outubro, já que está ameaçada de desabar a qualquer momento.

A denúncia está circulando há vários dias nas redes sociais e as imagens mostram a real situação física da instituição que é referência no ensino.

Com diversas rachaduras em todos os locais possíveis que vão desde o alicerce até o topo das paredes, a escola enfrenta o pior momento estrutural desde sua inauguração e poderá ser interditada, devido ao risco contra a integridade física dos alunos e profissionais que transitam no local.

O que mais tem deixado a população de Monteiro estarrecida é a falta de compromisso por parte dos representantes do Governo do Estado no município, que não pleiteiam junto ao governador Ricardo Coutinho a reforma da unidade escolar, que já serviu por várias vezes como local para realização do Orçamento Democrático Estadual, até o momento em que o evento foi transferido para a cidade de Sumé.


Nenhum comentário:

Postar um comentário