25/10/16

Obras dos açudes de Poções e Camalaú não são responsabilidade do Estado diz RC

A transposição das águas do Rio São Francisco, alternativa para solucionar a crise hídrica na Paraíba, precisa de obras estruturantes em açudes do Estado para que as águas não sejam contaminadas e cheguem no tempo determinado.
Uma das obras é o rebaixamento dos açudes de Poções e de Camalaú, que sofrem um impasse do governo federal e estadual.
Em entrevista na tarde desta segunda-feira (24), o governador Ricardo Coutinho esclareceu que as obras são de responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).
Ele informou ainda que o governo está responsável apenas pela limpeza do Rio Paraíba e que deve realizar a obra no mês de novembro.
– Para que a transposição chegue existem duas obras a serem realizadas. Uma é a execução do rebaixamento do açude de Poções, a mesma obra deve ser feita no açude de Camalaú, os dois são do Dnocs, essas estão previstas para novembro e a parte do Estado é a limpeza da calha do Rio Paraíba. Em novembro vamos fazer essa limpeza para que a água, ao chegar em Monteiro, possa passar e ir a Boqueirão – explicou.
As declarações repercutiram no programa Fala Governdor, transmitido na Campina FM.


Nenhum comentário:

Postar um comentário