19/10/16

PMDB deve acionar judicialmente prefeitos que se elegeram pelo partido e migraram para o PSB do governador




O PMDB só estaria esperando a formalização dos processos de desfiliação de prefeitos eleitos pelo partido, mas que anunciaram decisão de migrarem ao PSB, logo após as eleições de 2 de outubro, para agir. O partido pretende acionar os prefeitos na Justiça Eleitoral por infidelidade partidária, e requisitar os seus mandatos.

Pelo menos três prefeitos já anunciaram adesão ao governador Ricardo Coutinho, na semana passada: Magno de Bá (Passagem), Raimundo José de Lima (Mato Grosso) e 

Divaldo Dantas (Itaporanga). Para a direção do PMDB, a iniciativa dos prefeitos demonstra oportunismo político, por usarem apenas a legenda para se eleger.


 “O partido não pode tolerar esse tipo de oportunismo”, afirmou o senador Zé Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário