31/10/16

Secretaria de Educação de Monteiro promove reunião com alunos do Projovem Campo




Foi promovida na noite desta quarta-feira 26, reunião na zona rural da cidade de Monteiro com o intuito de conscientizar os alunos do Programa Projovem Campo – Saberes da Terra, sobre a freqüência escolar dos alunos participantes evitando assim a evasão e esclarecimentos sobre a liberação da bolsa auxílio.

A cidade de Monteiro conta com aproximadamente 90 estudantes matriculados no Programa, que recebem do governo federal uma ajuda de custo bimestral no valor de R$100,00 e do governo municipal material didático, transporte escolar, lanche e um acolhedor pedagogo para que as crianças filhos dos estudantes possam receber recreação e reforço escolar enquanto os pais participam das aulas que acontecem diariamente no período noturno, com aula de campo uma vez por semana, freqüentados por jovens agricultores que não terminaram o ensino fundamental II e que saibam ler e escrever.

As aulas acontecem nas Escolas Municipais Bento Tenório no Sítio Santa Catarina, Tobias Remígio em Cacimba de Cima, Ginalda de Andrade na comunidade de Barreiros e Manoel Maciel no Sítio Garapa.

As regras para o Projovem Campo são:
  • Ter entre 18 e 29 anos;
  • Ser agricultor (a);
  • Não ter concluído o ensino fundamental II;
  • Saber ler e escrever;
  • Cumprir o projeto de pesquisa em campo (com foto);
  • Assiduidade nas aulas.


O período para a conclusão do ensino fundamental II através do Projovem Campo – Saberes da Terra é de 2 anos, as aulas são divididas por eixo temáticos e eixos articuladores como Agricultura Familiar e Sustentabilidade, ainda na grade curricular do Programa está inclusa a disciplina de Ciências Agrárias onde visa promover não somente a formação escolar, como também a formação de vínculo com a terra gerando assim a diminuição do êxodo rural. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário