11/10/16

Vaqueiros e simpatizantes fecham BR 412 em protesto contra decisão que proíbe vaquejadas




Vaqueiros e defensores da realização de vaquejadas fazem nesta manhã de terça-feira (11) em pelo menos duas cidades do Cariri mobilizações em defesa da legalização das vaquejadas e contrárias a decisão do STF que proibiu a realização do evento. Os manifestantes interditam por meia hora a BR 412 e seguem em cavalgada para o centro da cidade.

Em Sumé, os vaqueiros também realizaram uma cavalgada saindo da entrada do município até a praça central. Os organizadores disseram que continuarão com o movimento a fim de sensibilizar a sociedade e as autoridades quanto à cultura da vaquejada, enraizada especialmente junto às populações da região Nordeste.

De acordo com o diretor de planejamento e relações públicas da Associação Brasileira de Vaquejada (Abvaq), Leon Freire, cerca de 40 municípios de outros estados do país também devem aderir à manifestação.


“Queremos pedir apoio político para conseguir barrar essa decisão que prejudica milhares de pessoas. As pessoas que não conhecem a vida no campo precisam entender que não maltratamos animais. Pelo contrário, a Abvaq exige padrões que garantam a segurança do animal na vaquejada”, argumenta Leon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário