19/11/16

Gasolina de Sumé é a mais cara da Paraíba, de acordo com pesquisa. A de Monteiro é ainda mais cara




O Setor de Pesquisa e Estatística da Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB) comparou preços de  seis tipos de combustíveis em 91 postos de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita, Cabedelo, Campina Grande, Patos e Sumé, no período de 14 e 16 de Novembro. Clique aqui e confira o relatório.

A maior diferença de preço encontrada na pesquisa foi de R$ 0,57 para a gasolina comum, sendo ofertada em Santa Rita por R$ 3,37 até R$ 3,94 em Sumé, no Cariri paraibano.

Os combustíveis pesquisados foram gasolina comum e aditivada, álcool, diesel comum, diesel S10 e gás natural veicular (GNV). Apesar de registrar na pesquisa o maior preço de combustível do Estado, em Sumé, o menor valor encontrado da gasolina comum foi de R$ 3,89.

A cidade também registra o maior valor ofertado para o álcool (R$ 3,29) e o diesel comum (R$ 3,14). Já em João Pessoa, os preços de álcool e diesel, respectivamente, são encontrados pelos motoristas a R$ 2,73 e R$ 2,79.

A superintendente do Procon-PB, Késsia Lilliana, reforça que, enquanto uma cidade registra as maiores diferenças de três categorias, outra registra o menor e o maior valor do mesmo tipo de combustível.


 “Com isso, é necessária uma atenção maior do consumidor para acompanhar os preços dos postos onde normalmente abastece, já que o consumidor mais informado vai ter sempre a melhor opção”, destacou a superintendente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário