17/11/16

Idoso é indiciado por manter irmão em cárcere privado no Sertão




Um idoso de 69 anos foi indiciado por manter o irmão, de 40 anos, em cárcere privado na cidade de Sousa, no Sertão paraibano. De acordo com a Polícia Civil, a vítima tem problemas mentais e ficou cerca de 30 dias trancado em uma casa sem condições adequadas para viver. O caso foi divulgado na terça-feira (15).

O idoso, José Francisco da Silva, disse que teve que trancar o irmão devido a casos de violência recentes. “Eu fiz porque era obrigado. Ele acabou dois carros meus. Bateu e quebrou [os veículos]. Nesse tempo a cachaça dele era pesada. Ele já não morreu porque vivia nesse espaço”, disse.

A casa onde o homem era mantido em cárcere não tinha vaso sanitário e nem chuveiro. A entrada de ar e de luz se dava por um espaço na porta de entrada, semelhante a uma cadeia. Segundo a Polícia Civil, o idoso se apresentou na delegacia após saber das investigações.

“Ele foi qualificado e interrogado e vai responder por cárcere privado. A pena, caso condenado, pode variar de 4 a 10 anos”, informou o delegado Vicente Honório.

Em depoimento, o idoso ainda relatou que o irmão recebia cuidados no Centro de Atenção Psicossocial (Caps), mas que o local tinha parado o atendimento. A direção da unidade de saúde repassou que a vítima deixou de ser levada pelo acusado e que o atendimento segue normalmente.


Com G1-PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário