04/11/16

Saúde e Educação se unem na Campanha Nacional de Hanseníase e Geohelmitase





A cidade de Monteiro está participando da Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses e Esquistossomose. Esta é uma importante ação estratégica de vigilância, proposta pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde – SVS/MS, realizada por meio de uma abordagem integrada com a Secretaria de Saúde e Educação do Município.

O objetivo da campanha é reduzir a carga parasitária de geo-helmintos e a identificação de casos suspeitos de hanseníase, encaminhando os casos e seus contatos positivos para tratamento, identificação e tratamento casos de tracoma, e de esquistossomose das crianças que freqüentam as escolas na faixa etária de 5 a 14 anos, da rede pública de ensino.

 Para as escolas municipais e creches, a Prefeitura de Monteiro já definiu o cronograma de ações que acontecem nas instituições de ensino ou local próximo nos períodos da manhã e tarde, começaram no dia primeiro deste mês de novembro e se estendem até o dia 16 tanto na zona urbana quanto rural.

No momento da visita dos técnicos às escolas, os casos de verminoses identificados são prontamente atendidos e medicados com uma dose única do remédio. Os casos suspeitos de hanseníase são encaminhados ao setor competente para mais exames e o diagnóstico definitivo e o início do tratamento.

Verminoses

As verminoses são infecções causadas por parasitas que se instalam no interior do corpo. Podem causar dores abdominais, diarréias frequentes, anemia, palidez excessiva, perda de peso, barriga inchada e sangramentos intestinais. Em crianças, pode haver dificuldade de aprendizagem e retardo no crescimento.

Hanseníase

A hanseníase é uma doença infecciosa causada pela bactéria mycobacterium leprae. Atinge, principalmente, a pele e os nervos de pessoas de qualquer sexo, idade ou classe social. Se não for tratada, a doença pode causar diversas deformidades pelo corpo


Nenhum comentário:

Postar um comentário