27/01/2017

Prefeitura de Monteiro está realizando um completo levantamento dos imóveis históricos do município






A prefeitura de Monteiro está realizando um completo levantamento dos imóveis históricos do município. 

O objetivo do levantamento é dar o 1º passo em direção à criação de uma lei específica que permita o tombamento destes prédios que fazem parte da história do município de Monteiro.

De acordo com o diretor do museu histórico de Monteiro Carlos Paiva, existem no município prédios cuja construção é datada do século XIX. A catalogação foi realizada em toda a zona urbana esta semana, e a partir da próxima semana será feita também na zona rural, iniciando pela região do sítio Amaro.

“Poucos municípios no país tem este tipo de preocupação. Aqui em nossa região por exemplo, apenas o município de São João do Cariri preserva seu patrimônio estrutural”, disse Carlos Paiva.

“Foi um pensamento conjunto da prefeita Ana Lorena e da secretária Christianne Leal, que tomemos as providencias a fim de preservar estas obras primas da arquitetura que contam muito da nossa história”, completou. 

Sobre a arquitetura da cidade


A cidade de Monteiro preserva alguns de seus imóveis com a arquitetura original a exemplo da imponência do estilo gótico da Igreja Nossa Senhora das Dores. O interior desse templo católico foi pintado pelo artista Miguel Guilherme, que chegou a pintar com os pés e a boca em pontos de difícil acesso. Outro exemplo é o Teatro Municipal Jansen Filho, localizado em um edifício de estilo neoclássico, é uma das atrações culturais locais.

Um comentário: