06/02/2017

Hospital de Serra Branca espera renovação de convênio com o Governo do Estado para manter-se de portas abertas





O Hospital Geral Yaiá Targino Maranhão, sediado em Serra Branca, é um dos maiores e mais importantes do Cariri Paraibano. Assistindo a uma população que gira em torno de 50 mil habitantes, a unidade de saúde atende diretamente as cidades de Serra Branca, São João do Cariri, São José dos Cordeiros, Parari, Coxixola, Gurjão, Caraúbas e Santo André.

O hospital, entretanto, enfrenta há alguns anos um grave problema: a falta de financiamento. Com um recurso vindo do Governo Federal e congelado há décadas em torno de 80 mil reais, por muito tempo foi a Prefeitura de Serra Branca que precisava arcar com todo o restante das despesas da unidade. Sem condições para isso, o município ainda chegou a ameaçar devolver o hospital para o Governo do Estado, o que seria quase o mesmo que decretar seu fechamento em curto espaço de tempo, pois o Governo tem mantido apenas os hospitais regionais.

Em meio a toda essa situação, unidades de saúde como a de Serra Branca e Sumé buscaram o governador nos últimos anos para celebrar um convênio através do qual o Estado injetava cerca de 90 mil a mais por mês para manutenção da casa de saúde.

Em Sumé, esse convênio vem se mantendo intocável nos últimos anos. Em Serra Branca a situação é outra. A antiga gestão precisou travar uma exaustiva luta para conseguir esse convênio e o fez por duas vezes. Agora o novo prefeito Souzinha iniciou uma nova batalha.

Segundo a secretária de saúde, Débora Charmene, um novo projeto de solicitação está pronto e nos próximos dias o prefeito pedirá uma audiência com o governador a fim de garantir esse repasse. Débora reforçou a necessidade de união dos prefeitos das cidades no entorno de Serra Branca, pois sem esse convênio o hospital pode fechar suas portas, o que provocaria incalculável prejuízo para todos.

O último convênio celebrado entre o Governo do Estado e o município de Serra Branca foi através do Funcep, o Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza no Estado da Paraíba. O Governo do Estado ainda não sinalizou concretamente para a renovação do convênio.


Com informações do DE OLHO NO CARIRI

Nenhum comentário:

Postar um comentário