02/02/2017

Vereador prova com extratos “rombo” deixado pela gestão de Dudu em Serra Branca





O vereador Diógenes Sales (PSDB) demonstrou através de extratos bancários e relatório apresentado pela contabilidade da própria gestão anterior, que o ex-prefeito Eduardo Torreão mentiu ao dizer que deixou a Prefeitura com recursos em caixa suficientes para pagar as contas empenhadas. As declarações foram dadas durante entrevista nesta quarta-feira (01), na rádio Serra Branca FM.
  
Segundo o vereador Diógenes, pelo relatório apresentado pela contabilidade, Dudu deixou de débitos uma cifra equivalente a quase 3 milhões de reais e em contrapartida deixou em caixa apenas 600 mil.

O parlamentar disse que pelo que atesta o próprio extrato bancário, a última cota do FPM de 2016 foi consumida praticamente em um dia e praticamente nenhum servidor viu a cor deste dinheiro. Diógenes lamentou ainda o que chamou de “pagamentos privilegiados” feitos pela antiga administração apenas a aliados da campanha no final do governo.

“No distrito no qual nasci mesmo, em Santa Luzia do Cariri, teve motorista que recebeu salário e outros que não seguiram o candidato do prefeito que estão em nossa porta pedindo para receber seu salário. Fornecedores foram pagos sem critério ou apenas por serem seus aliados. Esta é uma página que devemos virar em nosso município”, destacou o vereador.

Diógenes disse ainda que a gestão de Souzinha demonstrou desde o primeiro dia de governo que veio para fazer diferente e a partir do diálogo pretende construir uma nova Serra Branca, bem melhor para se viver.



Com De Olho no Cariri

Nenhum comentário:

Postar um comentário