22/03/2017

Monteiro faz campanha de prevenção contra a Tuberculose e sobre Síndrome de Down




O Brasil ocupa o 17º lugar entre os 22 países responsáveis por 82% do total de casos de tuberculose no mundo. Embora seja uma doença passível de ser prevenida, tratada e mesmo curada, ainda mata cerca de 4,7 mil pessoas todos os anos no Brasil, e foi com o intuito de prevenir que a Secretaria Municipal de Saúde organizou e realizou nesta terça-feira, 21, uma programação que englobou várias ações na comunidade rural da Pitombeira.

Cada paciente com tuberculose pulmonar que não se trata, pode infectar em média 10 a 15 pessoas por ano. Pensando nesta realidade os serviços oferecidos a Prefeitura de Monteiro na comunidade de Pitombeira, através da Secretaria de Saúde do Município foram ações que envolveram profissionais de enfermagem, médicos, nutricionistas, fisioterapia e apoio psicológico, e, logo após os atendimentos foi feita uma distribuição de folders explicativos e servido um café da manhã.

Ainda dentro das programações oferecidas pela Secretaria de Saúde, foi realizado pela equipe plantonista da UPA uma palestra sobre a conscientização do Dia Internacional da Síndrome de Down com o tema “Mais inclusão, menos preconceito” e uma entrevista com a Enfermeira Raquel Matos que veiculada pela Rádio Imprensa FM na tarde desta terça-feira, 21.


Anna Lorena, prefeita de Monteiro, comentou sobre as datas e disse: “Temos que trabalhar intensivamente com a prevenção, e a Secretaria de Saúde do Município oferece um grande suporte neste quesito. A tuberculose deve ser prevenida, e este é um trabalho que mobiliza toda a equipe de saúde. Em relação à Síndrome de Down tem que existir o trabalho no sentido de que se desfaça todo o preconceito. Temos que estimular os portadores, eles são muito capazes ao contrário do que muitos pensam”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário