27/03/2017

Tovar emite nota após ter CNH suspensa ao ser flagrado na Lei Seca




O deputado estadual, Tovar Correia Lima (PSDB), teve o direito de dirigir suspenso por um ano após ser flagrado numa blitz da Lei Seca, em 2013. A decisão foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado desse sábado (25).

Por ter infringido o artigo 165, do Código de Transito Brasileiro, o parlamentar teve a carteira de habilitação suspensa por doze meses e será submetido a um curso de reciclagem para ter de volta o direito de dirigir.

Em nota, Tovar admitiu ter dirigido sob o efeito de álcool e acusou o governador Ricardo Coutinho (PSB) de usar um fato de sua vida particular para tentar ofuscar denúncias contra o seu governo.

De acordo com o parlamentar, o socialista estaria incomodado com a repercussão nacional do suposto uso da máquina do governo envolvendo a visita dos ex-presidentes Lula e Dilma às obras da Transposição do Rio São Francisco no estado.


 “Se a intenção em tornar público algo da minha vida particular, justamente quando vem à tona denúncias graves de uso da máquina pelo senhor governador, era me calar, saibam que serei cada vez mais combativo”, prometeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário