11/04/2017

Atlético Monteirense luta, mas acaba superado no final, na estreia na Copa Cariri feminina 2017




Foi um sábado de muita luta. Assim é que se pode definir a jornada da equipe do Atlético Monteirense neste Sábado de estreia pela Copa União do Cariri 2017.

A viagem para Sumé começou em ritmo de bastante dificuldade pois o transporte  que seria disponibilizado para a equipe não foi viabilizado.

Com a ajuda inestimável do secretario de esportes Rostand Chaves, do comércio local, e principalmente do vice prefeito Celecileno Alves, o time conseguiu embarcar para a partida mesmo com a concentração afetada.

Na partida, a quadra de tamanho muito pequeno também dificultou, além da falta de ritmo, já que a equipe pouco tem treinado desde que firmou uma desastrosa parceria com uma agremiação local, que prometeu horários, quadra e material de treinamento e no final acabou prejudicando o elenco de Monteiro.

Após estar duas vezes atrás no placar, ao empatar em 2 a 2, com gols de Diana e Vitória, a equipe se afobou em busca da virada e acabou castigada com o gol da derrota em um chute de extrema felicidade de Lorrane, de longe, mas indefensável. Placar final 3 a 2 para o Boca Juniors.

Agora o Atletico de Monteiro joga neste Sábado mais uma vez fora de casa, diante do Congo, e espera contar com um maior apoio para não enfrentar as mesmas dificuldades da semana que passou.

A direção do Atlético de Monteiro aproveita para agradecer a todos os patrocinadores que ajudaram a equipe, a partir do vice prefeito Celecileno Alves, do secretario de esportes Rostand Chaves, e os seguintes parceiros do comércio local:










A equipe contou ainda também com o apoio do Mercadinho Mini Box, na organização de Nilson e Eliane localizado em frente à secretaria de saúde. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário