05/06/2017

Suplente de vereador no Cariri é acusado de dar calote durante e após eleições




Os resultados das eleições de 2016 parecem ainda não ter encerrados para um suplente de vereador da cidade de São João do Tigre, Serginho Freitas, presidente do Antigo PT do B, atual (AVANTE), no município de São João do Tigre.

O suplente de vereador, Serginho Freitas, protagonizou uma das campanhas mais inusitadas da região do Cariri, dizendo que a sua campanha eleitoral tinha o apoio de várias lideranças políticas da região. Ele dizia que tinha o apoio político dos deputados estaduais Genival Matias e Gervásio Maia, e dos deputados federais Hugo Mota e Pedro Cunha Lima.

Aparentemente, a campanha tinha tudo para dar certo nas urnas e o então candidato lograria êxito nas eleições, se tornando um dos nove vereadores eleitos no município, mas a novela que tinha roteiro já programado deu errado.

Serginho não foi eleito, ficando em 17ª posição, dos 24 candidatos que disputaram as eleições de vereador em São João do Tigre e na 8ª suplência de uma coligação que fez 8 vereadores e tinha 18 candidatos. Só para ter uma idéia, ele ficou na antepenúltima posição da sua coligação. Já o vereador eleito com a maior votação da coligação foi 
José Arnóbio que obteve 293 votos, mais de 200 votos, em relação ao suplente Serginho.

O fato é que mesmo nas eleições, o então candidato costumeiramente esnobava dos seus concorrentes de que teria a campanha mais estruturada de todo o Cariri, com apoio de várias lideranças políticas de alto calibre, mas quando foram abertas as urnas o candidato não obteve sucesso.

Há informações de que passados alguns meses das eleições o suplente de vereador não cumpriu promessas com eleitores e com supostas dividas com fornecedores que começaram a procurá-lo todos os dias.

Segundo informações dos próprios fornecedores, o mesmo tem se negado a quitar as supostas dividas, jogando a responsabilidade para seu principal cabo eleitoral, Sebastião Freire, atual presidente do PHS local.


CARIRI EM AÇÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário