06/07/2017

Unidades de Saúde de Monteiro recebem desfibriladores após capacitação




A Prefeitura Municipal de Monteiro, através da Secretaria de Saúde, está oferecendo nesta quarta e quinta-feira, 05 e 06, um treinamento para o uso do DEA – Desfibrilador Externo Automático adquirido pela administração municipal.

O treinamento foi ministrado pela equipe do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, composta por Fernando Lima, Cláudia Alves e Robson Araújo; para o manuseio do desfibrilador que salvará muitas vidas entre outros procedimentos e manobras.

“Entregaremos ao todo 11 aparelhos DEA para todas as equipes de PSF de Monteiro, da zona urbana e rural. O Desfibrilador Externo Automático que é compacto, leve, portátil, e adaptável a qualquer paciente, pois seu tamanho reduzido facilita o transporte e operação.” Disse Adriana Rodrigues coordenadora da Atenção Básica.

O investimento foi de cerca de R$ 7 mil por meio de um convênio entre a Prefeitura e o Governo Federal. As 11 Unidades Básicas de Saúde do município receberam os aparelhos, que já estavam disponíveis na Secretaria de Saúde esperando apenas que as equipes participassem desta capacitação.

Por conta de sua extensa agenda, a prefeita Anna Lorena não pode comparecer a cerimônia de entrega, mas, destacou a importância da disponibilidade dos equipamentos nas Unidades: “Fico muito feliz e satisfeita em entregar essa importante ferramenta que ajuda a salvar vidas e também de poder contar com esses profissionais que tem contribuído muito com nosso município. Nossa meta é fazer o melhor possível pelo serviço público de saúde na cidade, com preocupação e dedicação as pessoas que são atendidas e para isso contamos com cada profissional para nos ajudar a transformá-lo em um serviço de excelência”, destacou.

USO DO DESFIBRILADOR


O desfibrilador cardíaco é usado em casos onde o paciente apresenta um quadro com arritmia ou parada cardíaca para restabelecer a ordem dos batimentos do coração. Quando o paciente sofre uma arritmia, o aparelho emite um impulso elétrico para corrigi-la. A fibrilação ventricular e a atrial, se não forem rapidamente tratadas podem levar à morte. A presença de impulsos rítmicos externos de sincronização com uma intensidade maior, como os originados pelo desfibrilador, pode trazer de volta as células cardíacas ao funcionamento normal salvando vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário