01/09/2017

Encontro de Gestantes e Agosto Dourado têm comemorações em Monteiro







Na manhã desta quinta-feira,31, a Prefeitura de Monteiro por meio da Secretaria de Saúde com apoio da equipe da Atenção Básica Municipal realizaram a comemoração do Agosto Dourado e também a entrega dos kits para as gestantes atendidas pela rede.

Como acontece mensalmente, as gestantes do município acompanhadas pela atenção básica se reuniram no Teatro Municipal Jansen Filho para receber orientações e dicas feitas por profissionais da área de saúde como nutricionistas e fisioterapeutas.

Durante o encontro foram entregues mais de 50 kits para as gestantes entre 36 e 38 semanas que fazem o acompanhamento nas Unidades de Saúde do município. Os kits contém uma bolsa maternidade para acondicionar os pertences do bebê, roupinhas, kits de mamadeira, produtos de higiene, toalhas entre outros produtos que garantirão às mamães os primeiros cuidados com seus pequenos.

Dentro do evento ainda houve a comemoração do Agosto Dourado que simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. A secretária adjunta de saúde, Viviane Ferreira, explica que cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno; 

“Esta é uma cor toda especial, que já percorre o mundo com o seu laço simbólico. São trinta dias, em que são celebrados a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento. 

Nos dias de agosto são feitas intensas atividades que buscam promover o aleitamento exclusivo até o sexto mês de vida que é onde o bebê mais necessita deste alimento bem como anticorpos e outras defesas que a criança adquire através da mãe, se estendendo até os dois anos ou mais. A secretaria de saúde se foca na sobrevivência, proteção e desenvolvimento da criança.” 

Viviane ainda lembra que são disponibilizados vários atendimentos para as gestantes com acompanhamento médico e nutricional, e agora os postos de saúde da família também contam com serviço especializado de odontologia que começa no pré-natal e segue após o parto com acompanhamento também para o bebê.
Agosto Dourado

A história da Semana Mundial de Aleitamento Materno teve início em 1990, num encontro da Organização Mundial de Saúde com a UNICEF, momento em que foi gerado um documento conhecido como “Declaração de Innocenti”. Para cumprir os compromissos assumidos pelos países após a assinatura deste documento, em 1991 foi fundada a Aliança Mundial de Ação pró-Amamentação (WABA). No Brasil, o Ministério da Saúde coordena a Semana Mundial de Aleitamento Materno desde 1999.

Já não há dúvidas de que o leite materno é o padrão ouro da alimentação para os lactentes. Também é inquestionável que o aleitamento é fundamental, desde a sala de parto, exclusivo e em livre demanda até o 6º mês e estendido até 2 anos ou mais. São indiscutíveis os benefícios fisiológicos, psicológicos e sócio-econômico-culturais da prática do aleitamento materno para a día de mãe/bebê.


Nenhum comentário:

Postar um comentário