09/09/2017

Prefeitura de Sumé inicia programa de sinalização das vias públicas







A Prefeitura de Sumé iniciou o Programa de Sinalização das Vias Públicas. Nessa primeira etapa foram colocadas 21 placas de sinalização horizontal na zona rural, beneficiando a população com a facilitação de deslocamento dos cidadãos que percorrem o Município de Sumé, este que é o terceiro maior do Estado em extensão territorial e constitui-se em um importante ponto de intercessão comercial para microrregiões da Paraíba e do Pernambuco.

As comunidades onde foram instaladas as placas nessa primeira etapa foram: Abertas, Angico Torto, Assentamento Mandacarú, Balanço, Brava, Cabeça Branca, Carnaúba, Jaguaribe, Pau Leite, Pio X, Pedra da Bola, Sítio da Bananeira e Terra Vermelha.

O agricultor Willis Oliveira residente na comunidade Cabeça Branca relatou que a iniciativa facilitará o transporte da produção agropecuária para além do local onde reside, muitos agropecuaristas que levam produtos para a feira de Sumé advindos do pajeú pernambucano trafegam nas estradas adjacentes ao distrito de Pio X e se queixavam da dificuldade em obter informações sobre qual caminho seguir devido aos entroncamentos de estradas.

O prefeito de Sumé, Éden Duarte, enfatiza que a sinalização irá facilitar o trânsito das pessoas que vem ao município em busca de diversos serviços, tendo em vista que em Sumé estão instalados uma feira semanal com importância regional, um campus universitário bancos do Brasil e do Nordeste, agência do IBGE, DNOCS, Casa da Cidadania, estação de tratamento e distribuição de água para todo o Cariri, o Consorcio Intermunicipal de Saúde do Cariri Ocidental e um hospital que atende muitos municípios da região.

“A sinalização das vias de Sumé beneficiará e terá influência sobre toda a região Nordeste, pois trafegam por nosso município comerciantes com destino ao polo de confecções de Pernambuco e caminhões que levam hortifrutigranjeiros do Vale do São Francisco às cidades de Campina Grande e João Pessoa”, disse o prefeito.

Éden também informou que o projeto de sinalização das vias teve que ser bem planejado, necessitando da participação de parceiros como o DNIT e o DER-PB, devido aos custos da sinalização serem elevados.

Ele também ressaltou que esta é uma ação permanente, que vem sendo pensada e executada desde os últimos anos com a sinalização também nas vias urbana.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário