19/09/2017

Sumé se consolida com a oferta de implantes dentários gratuitos




O serviço de implantes dentários ofertado no Município de Sumé, alcançou a marca de 3.116 pacientes atendidos, no período de março de 2015 a agosto de 2017.

Em Sumé, município pioneiro na oferta do serviço no Nordeste brasileiro, já atendeu 660 pessoas com implantes, Monteiro com 727, seguidos de Serra Branca (394), São João do Cariri (254), além dos demais municípios da região do Cariri Ocidental.

Desde que foi implantando, ainda na gestão do ex-prefeito Neto Duarte, Sumé tem possibilitado que o tratamento seja um sonho ao alcance de todos.

O serviço é gratuito para o paciente, custeado por cada município, através do Programa Brasil Sorridente, e executado pela Sarkis Implantes Dentários. Conta com uma equipe de profissionais qualificados que oferecem qualidade e excelência no atendimento. Possui corpo clínico de cirurgiões dentistas com formação específica em implantodontia e experiência na área vascular e no atendimento pelo SUS

Marcelo Campos de Araújo, morador de Sumé, atestou o serviço oferecido. “Equipe comprometidíssima, valorosa e empenhada em atender melhor as pessoas. O resultado foi o melhor possível, inclusive melhorando minha qualidade de vida”, declarou.

“Todo o tratamento foi ótimo, recebi várias ligações da equipe, acompanhando para verificar se estava tudo bem comigo. Estou muito feliz com o resultado final”, disse a paciente do Município de Monteiro, Elistânia Bezerra da Silva.

Além do benefício de saúde bucal e satisfação pessoal que o serviço proporciona, o projeto tem ajudado na geração de emprego e renda no Município de Sumé.

Com a crescente adesão dos municípios em busca dos implantes, foi necessária a transferência do laboratório de próteses de Brasília-DF para Sumé, gerando 15 empregos diretos. E a Sarkis tem atualmente, 45 funcionários e prestadores de serviços.

De acordo com o diretor-administrativo do projeto, Adriano Cipriano, o serviço também proporciona movimentação na economia local da cidade com arrecadação direta de ISS, aluguéis, utilização de farmácias, bancos, lanchonetes e restaurantes.

Adriano disse que Sumé já se consolida como referência em implantes dentários no Estado.

“Com esse projeto, nós podemos ver o quanto é importante numa gestão, com articulação, conseguir trazer uma política pública voltada para a saúde bucal dos habitantes da região do Cariri e de forma gratuita”, avaliou José Antônio Neto que também recebeu implantes.

Para ter acesso ao tratamento é necessário o município estar conveniado com a Sarkis. Nas Secretarias Municipais de Saúde há a data da triagem de cada cidade.

O tratamento passa por cinco fases, começando pela avaliação histórica clínica do paciente e solicitação dos exames necessários. Em seguida realiza-se a cirurgia para a implantação do implante, que é a introdução cirúrgica de um parafuso de titânio no osso alveolar (maxilar ou mandíbula).

Após isso, o paciente deve tomar os cuidados necessários para a recuperação do pós-operatório e depois de um determinado tempo, passa pela moldagem, confecção e instalação da prótese dentária.

A manutenção e a higienização por parte do paciente são fundamentais para o sucesso do implante. Cada pessoa pode receber até seis implantes.


Seguindo o sucesso de Sumé, atualmente 25 municípios paraibanos aderiram ao projeto e estão ofertando o serviço aos seus habitantes junto com a Sarkis Implantes Dentários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário