19/10/2017

Ciranda e Coco de Roda da Vó Mera serão atrações na Praça João Pessoa em Monteiro




Trabalhando a cultura popular em suas diversas formas, o Projeto Sindicultura com apoio da Secretaria de Cultura de Monteiro traz à Praça João Pessoa nesta sexta-feira, 20 às 20h uma das maiores referências da Ciranda e Coco de Roda na Paraíba, a Vó Mera.

Domerina Nicolau da Silva, ou Vó Mera como é conhecida popularmente, é uma das personalidades mais carismáticas e importantes da cultura popular da Paraíba. Vinda de uma família de agricultores, teve que trabalhar na lavoura desde criança para garantir o sustento da casa. Foi também durante a infância que nasceu o seu interesse pelas diversas manifestações culturais do estado.

A artista participou do primeiro coco de roda ainda em Alagoinha, sua cidade natal, onde esperava ansiosa pela chegada dos festejos juninos para acompanhar a tia, que cantava nas comemorações da fazenda na qual trabalhavam. Com a voz afinada e tocando um ganzá, a garota já expressava seu talento e a paixão pela cultura regional. 

Foi também nessa época em que ela escreveu as suas primeiras cirandas.

Católica fervorosa, a mestre cirandeira leva a sua musicalidade e dança para as igrejas paraibanas, nas quais se apresenta com composições próprias, divulgando cada vez mais a cultura do Nordeste.

Em 2008, lançou o seu primeiro CD, o disco “Vó Mera e Seus Netinhos” tem 28 títulos, dos quais 20 são cocos de roda e 7 são cirandas. Na faixa bônus, os admiradores da artista podem apreciar uma divertida roda, através das várias cantigas que foram agrupadas para permitir aos ouvintes uma experiência especial da música popular nordestina.

Figura referência na divulgação da cultura regional, a artista paraibana já se apresentou em diversos estados do Brasil e foi premiada no Festival SESC de Música Cidade Canção (FEMUCI) realizado no Paraná, em 2010. No ano de 2012, seu nome foi atribuído a um anfiteatro localizado no Bairro do Rangel. Em 2016, fez uma participação especial na novela Velho Chico, da Rede Globo, onde interpretou uma parteira.

Projeto Sindicultura – A concepção do projeto é prestigiar os artistas paraibanos e sua produção cultural, abrindo possibilidade de novas plateias e propiciar mais opções de lazer ao público paraibano, com eventos em espaços públicos e acesso gratuito.


Nenhum comentário:

Postar um comentário