06/10/2017

Saúde de Monteiro oferece capacitação aos Agentes Comunitários de Saúde





O Núcleo de Educação Permanente da Atenção Básica da secretaria de saúde de Monteiro ofereceu um curso introdutório de formação inicial e continuada, que durou três dias e aconteceu no Teatro Municipal Jansen Filho, aos Agentes Comunitários de Saúde, Ministrado pela empresa CEFPS Cursos Técnicos.

O curso esteve dentro das atividades do Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde que é comemorado no dia 04 de outubro. Personagem fundamental da cadeia de Atenção Primária, o agente é quem está mais próximo dos problemas que afetam a comunidade. Sua ação favorece a transformação de situações que afetam a qualidade de vida das famílias devido às visitas domiciliares periódicas.

Entre as principais funções do agente está a identificação dos fatores socioeconômicos, culturais e ambientais que interferem na saúde. Ao identificar ou tomar conhecimento da situação-problema, ele encaminha o morador à unidade de saúde de sua zona para uma avaliação mais detalhada.

Oficialmente implantado pelo Ministério da Saúde em 1991, o então Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) teve início no fim da década de 80 como uma iniciativa de algumas áreas do Nordeste em buscar alternativas para melhorar as condições de saúde de suas comunidades. Uma nova categoria de trabalhadores, formada pela e para a própria comunidade, atuando e fazendo parte da saúde prestada nas localidades. Hoje, a profissão de agente comunitário de saúde (ACS) é uma das mais estudadas pelas universidades de todo o País. Isso pelo fato de os ACS transitarem por ambos os espaços – governo e comunidade – e intermediarem essa interlocução.

Na cidade de Monteiro as equipes de Agentes recentemente receberam da prefeitura municipal, das mãos da prefeita Anna Lorena, instrumentos de trabalho programados para auxiliar o trabalho de forma mais precisa facilitando a vida dos mesmos.

Já em uso, os tablets com o programa específico para a classe tem tornado a rotina dos ACS bem melhor, tendo em vista que as informações são repassadas para os PFSs de forma online sem a necessidade do uso de tantos formulários e pranchetas.

Com papel fundamental de ponte, o serviço dos Agentes Comunitários de Saúde estão repercutindo na mudança da qualidade de vida e no aumento de oportunidades para as comunidades da zona rural e urbana na construção de uma cidade com serviços de saúde ainda mais solidários e de forma mais humanizada.

Enfim, o Agente de Saúde auxilia na promoção do cuidado à saúde da população, alertando, prevenindo e identificando os problemas de cada região. Comprovadamente, o atendimento realizado de maneira mais humanizada traz melhores resultados para a saúde da população, pois favorece o estabelecimento de uma relação de confiança entre o profissional e usuário, aumentando vínculo e a adesão ao tratamento.

 Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário