14/11/2017

Em Serra Branca: Índices de focos de mosquito da dengue diminuem consideravelmente




Na manhã da última sexta feira (10/11), a equipe de agentes de combate a endemias realizou um arrastão de fiscalização dentro do cemitério local de Serra Branca.

O objetivo foi eliminar qualquer depósito que acumulasse água parada, a qual contribui para surgimento de criadouros para o mosquito da Dengue.

De acordo com o agente Régis Oliveira, em 2015 foram recolhidos dentro do cemitério 13 sacolas cheias de garrafas pets e outros objetos que poderiam acumular água.

Já no ano de 2016, o número de sacolas diminuiu para oito e neste ano foram recolhidas apenas quatro sacolas.

Segundo o agente, atualmente o Município de Serra Branca está fora do perigo de surto da Dengue, tendo em vista que no último levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa) – o qual consiste em uma amostragem larvária bimestral de Aedes aegypti em um município para obter a estimativa da infestação pelo vetor da dengue – o número apresentado foi de apenas 1,8, ou seja, a cada 100 casas em Serra Branca apenas em 1,8 foram encontrado o mosquito Aedes aegypti.

Régis finalizou dizendo: “Gostaria de em nome de toda turma de agentes agradecer à população, por ter colaborado conosco para redução dos focos dos mosquitos”.

Com Cariri em Destaque 

Nenhum comentário:

Postar um comentário