15/11/2017

Empresa aguarda esclarecimento dos fatos para retomar atendimentos em Sumé





Os atendimentos de implantes dentários na cidade de Sumé estão suspensos desde a deflagração da Operação Titânio, na última semana. A Polícia Federal investiga irregularidades na contratação e execução de serviços de implantes dentários do programa Brasil Sorridente.

O diretor administrativo da Sarkis Implantes, Adriano Cipriano, afirmou em entrevista que aguarda o esclarecimento dos fatos e que os verdadeiros dados sejam mostrados para que o atendimento ao público seja retomado. “A maior preocupação da prefeitura e da empresa é finalizar os tratamentos em andamento”, declarou. Ele ainda disse que a empresa segue trabalhando para esclarecer as denúncias.

Os dados que motivaram a deflagração da operação, de acordo com Adriano Cipriano, “foram levantados de forma errada”. No entanto, após analisar todo o material que foi apreendido, o diretor administrativo da empresa acredita que a questão será esclarecida. “Acreditamos que após analisar todos os prontuários, eles vão constatar que não houve desvio de recursos públicos”, analisa Adriano.

A empresa, de acordo com o diretor administrativo, “acionou a parte jurídica para entrar com mais dados junto à Polícia Federal”, na esperança de esclarecer a questão o mais rápido o possível. Adriano Cipriano ressalta que a operação foi deflagrada a partir de “denúncias infundadas feitas em cima de dados infundados”.

No momento, a empresa “aguarda o relatório da Polícia Federal sobre os documentos que foram apreendidos e para que tudo seja esclarecido”, afirmou Adriano Cipriano.

A Sarkis informou através de nota que os dados divulgados referentes aos recursos superiores a R$ 9 milhões disponibilizados pelo SUS no período de março/2015 a julho/2017 correspondem à realização de 21.718 implantes dentários e 13.497 próteses sobre implantes em 48 municípios da Paraíba e não somente do município de Sumé.

Neste período de 28 meses foram realizados no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Sumé 12.170 implantes e 8.902 próteses sobre implantes, atendendo um total de 3.123 pacientes de 18 municípios do Cariri Ocidental, deste quantitativo, são moradores da cidade de Sumé 662 pacientes o que representa 2.515 implantes e 1.811 próteses sobre implantes.


A contratação dos serviços da Sarkis Implantes foi realizada através de licitações, em conformidade com o que preconiza a Lei n° 8.666/1993

Nenhum comentário:

Postar um comentário