29/12/2017

Temer descumpre acordo e prefeituras ficam sem aporte financeiro




O Presidente da Federação das Associações de Municipios da Paraiba Tota Guedes,  lamentou o recuo do Governo Federal na liberação de recursos na ordem de R$ 2 bilhões que seriam destinados às prefeituras de todo o  país. O Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) foi confirmado pelo presidente Michel Temer em 2 eventos em que Tota participou fazendo questão de levar em ambos momentos mais de 100 prefeitos paraibanos para Brasilia. “O AFM foi uma das lutas do nosso país que teve origem com prefeitos da na nossa Paraíba em um grupo de whattsapp, com muita insatisfação e repudio que recebo a informação de que o presidente da República não vai publicar a Medida Provisória de liberação do AFM” . Bradou Tota

O movimento municipalista foi surpreendido pela informação da Casa Civil de que o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira; e da Fazenda, Henrique Meirelles; se negam a assinar a Medida Provisória e comunicam que irão criar um Programa Especial de Auxílio aos Municípios. Esse programa deverá passar pelo Congresso Nacional para ser aprovado, fazendo com que estes recursos cheguem efetivamente aos cofres municipais somente em fevereiro ou março de 2018.


“A grande maioria dos prefeitos paraibanos estavam aguardando essa ajuda financeira para amenizar um difícil ano de 2017. Queda de receitas e dificuldades financeiras foram as grandes marcas desse ano, e agora essa facada no final , precisamos repensar a forma de trabalhar e agir  diante do poder executivo federal.” Exclamou Tota

Nenhum comentário:

Postar um comentário