25/01/2018

Rosilene Gomes é condenada por furto qualificado a cinco anos de prisão




A ex-presidente da FPF – Federação Paraibana de Futebol foi condenada por furto duplamente qualificado a uma pena de cinco anos e 50 dias de prisão em regime semiaberto. A pena é da lavra do juiz Geraldo Porto, titular da Sétima Vara Criminal de João Pessoa.

A condenada, por esta pena, deverá trabalhar durante o dia e dormir na cadeia. A sentença foi publicada no dia 11 de janeiro. As informações dão conta que na sua gestão sumiram bens da sua federação.


Com Polêmica Paraíba/Foto: Reprodução google

Nenhum comentário:

Postar um comentário