07/03/2018

Vereador Bernardes apresenta indicações solicitando cursos de renda renascença e parceria com o INTERLEGIS





O vereador Bernardes iniciou o período legislativo apresentando importantes indicações na câmara municipal de São Sebastião do Umbuzeiro.

Com um primeiro ano de mandato extremamente produtivo, o vereador já arregaçou as mangas em 2018 para ir em busca de melhorias e ações que venham a beneficiar o povo umbuzeirense.

O vereador já teve apresentadas e aprovadas duas indicações na Casa Cícero de Souza Lima. 

A primeira solicita que firmada parceria com o Interlegis, programa do Senado Federal, executado pelo Instituto Legislativo Brasileiro ILB, que tem o objetivo de fortalecer institucionalmente o Poder Legislativo brasileiro, por meio do estimulo à modernização, integração e cooperação, entre as casas legislativas nas esferas federal, estadual, municipal e distrital sem custos para as casas parceiras.

“O Programa disponibiliza vários produtos e serviços, entre cursos a distância, treinamentos presenciais e ferramentas tecnológicas, uma das ferramentas possibilita a criação de portal na internet personalizado para a câmara municipal com domínio próprio (domínio.leg.br), além de automação de todo o processo legislativo”, afirmou o vereador em sua justificativa.

Já a segunda indicação, solicita ao prefeito Adriano Wolff  que proporcione Cursos da atividade renda Renascença.

“Solicitamos que o prefeito faça contrato de parceria ou termo de cooperação com a 
Associação de Desenvolvimento dos Artesãos de São Sebastião do Umbuzeiro, para que membros da associação possam ministrar cursos nas comunidades rurais e sede do município, da atividade artesanal renda renascença.

“Esta atividade é um trabalho e uma arte passada de gerações, o Poder Público deve ajudar no processo de difusão, inclusão e formação de novas rendeiras, essa arte que faz parte do nosso cotidiano e veste nossas mulheres a décadas vem cada vez mais ganhando destaque no Brasil e pela moda mundo afora, gerando emprego e renda, reconhecimento e visibilidade para as artesãs”, afirmou Bernardes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário