04/04/2018

“Ricardo Coutinho mostra o medo que tem de andar pelas ruas da Paraiba”, afirma o Sargento Neto





O vereador campinense Sargento Neto afirmou que discorda totalmente da atitude do governador Ricardo Coutinho de criar a guarda militar para governadores que deixarem cargo, publicada no diário oficial do estado em edição retroativa à 31 de Março.

De acordo com a medida do governador, os policiais militares, da ativa ou reserva, irão fazer a segurança do gestor no primeiro dia após ele deixar o mandato, seja no período normal de conclusão ou caso deseje interrompê-lo, por tempo determinado ao mesmo período de efetivo exercício limitado a quatro anos.

“Isto é praticamente uma segurança particular, onde a sociedade paraibana vem sofrendo com a insegurança e o governador cria em benefício dele mesmo uma verdadeira segurança particular. Isto é inadmissível”, disse o vereador .

“Ele cria 04 cargos, mas na verdade serão muito mais homens que sairão das ruas, pois é preciso ser feita uma escala. No mínimo serão mais 12 policiais fora das ruas pra servir a ele”, explicou Sargento Neto.

“O governador não tem o mínimo de compromisso com a população paraibana e nem discernimento. Mais uma vez ele mostra a falta de compromisso para com a população paraibana, em especial coma segurança pública”, acrescentou o vereador Sargento Neto.

“Ele não pensa no cidadão de bem, que paga seus impostos e que tem os mesmos direitos, e são iguais a ele. Se fosse assim todo mundo ia pedir segurança particular”, argumentou o parlamentar mirim campinense.



Nenhum comentário:

Postar um comentário